Terça, 17 de Maio de 2022
24°

Poucas nuvens

Patos - PB

Internacional ESPETÁCULO NO CÉU

Eclipse parcial do Sol hoje só será visto em um local no Brasil

Evento não será visível na maior parte do país. Em Barra do Quaraí, no RS, cobertura do Sol não chegará a 7%.

30/04/2022 às 10h00 Atualizada em 03/05/2022 às 06h59
Por: Portal DNN Fonte: g1
Compartilhe:
Eclipse parcial do Sol, em série de fotos da Nasa feitas em agosto de 2017. — Foto: NASA/Noah Moran
Eclipse parcial do Sol, em série de fotos da Nasa feitas em agosto de 2017. — Foto: NASA/Noah Moran

O primeiro eclipse solar do ano ocorre neste sábado (30). Mas ele será parcial e no Brasil somente um ponto no extremo sul do Rio Grande do Sul conseguirá observar o fenômeno, dependendo do local de observação e se as condições climáticas forem favoráveis (veja infográfico abaixo).

Isso porque o eclipse acontecerá no país perto do horário do pôr do Sol e com uma cobertura do nosso astro que não chegará aos 7%.

Os moradores de Barra do Quaraí, o município mais ocidental do Rio Grande do Sul, observarão o pico do fenômeno perto das 18h12 da tarde, minutos antes do Sol se pôr. Por lá, a cobertura do disco do Sol será de 6,28% (veja infográfico abaixo).

"Se houver um lugar alto na cidade com vista aberta pro oeste, vale a pena observar! Com óculos de proteção para observação do Sol, claro", ressalta Alessandra Abe Pacini, cientista do grupo de Física Espacial da Universidade do Colorado.

Trajetória e visibilidade do eclipse parcial — Foto: g1

Trajetória e visibilidade do eclipse parcial — Foto: g1

Um eclipse solar acontece quando a Lua se move entre o Sol e a Terra, fazendo uma sombra que bloqueia totalmente ou parcialmente a luz solar. Durante um eclipse parcial, o nosso satélite não chega a cobrir o Sol, mas é possível observar um pedacinho do astro encoberto.

Segundo a Nasa, a agência espacial norte-americana, o evento de hoje poderá ser observado principalmente no Chile, na Argentina, na maior parte do Uruguai, no oeste do Paraguai e no sudoeste da Bolívia e do Peru, mas a cobertura do disco solar variará dependendo do local (veja infográfico acima).

Alguns locais do sul do Oceano Pacífico, Antártico e uma parte pequena do Atlântico também poderão observar o fenômeno, assim como regiões da costa noroeste da Antártida, como na estação de pesquisa brasileira Comandante Ferraz.

Eclipse total da Lua

Um próximo evento do tipo acontecerá na noite do dia 15 de maio para a madrugada do dia 16, mas desta vez será um eclipse total da Lua. Isso quer dizer que o Sol, a Terra e Lua se alinharão e a Lua passará na sombra da Terra. O fenômeno poderá ser visto em todo o Brasil.

Pacini explica explica que, ao longo da noite, veremos a Lua sumindo com a sombra da Terra passando na frente. Quando o evento chegar em sua totalidade, e a sombra encobrir completamente o disco lunar, a Lua ficará avermelhada, isso porque não teremos a incidência direta da luz do Sol.

"É o mesmo fenômeno que torna o pôr do Sol vermelho. É como se a luz do Sol fosse filtrada pela nossa atmosfera e sobrasse esse vermelho que espalha a luz do Sol que incide sobre a Lua", diz.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Patos - PB Atualizado às 21h48 - Fonte: ClimaTempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 21° Máx. 35°

Qua 33°C 19°C
Qui 31°C 19°C
Sex 32°C 21°C
Sáb 33°C 20°C
Dom 31°C 20°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias